Home Dicas Aplicativos para se organizar financeiramente

Aplicativos para se organizar financeiramente

written by Desafio RH 5 de abril de 2022

Esses aplicativos servem para organizar seus orçamentos domésticos e permitem controlar com sucesso as receitas e despesas. O que são e como são usados?

Como consequência da pandemia e da crise econômica, muitas pessoas começaram a olhar mais de perto suas finanças pessoais.

Tanto os lucros quanto as despesas foram afetados pela quarentena em 2020, fazendo com que muitos começassem a avaliar suas decisões para melhorar sua economia no futuro.

Para quem não tem experiência na construção de orçamentos domésticos, existem aplicativos muito úteis, que foram desenvolvidos com o avanço da tecnologia, que permitem controlar receitas e despesas com sucesso.

No entanto, algumas precauções devem ser tomadas ao carregar as informações para proteger todos os dados confidenciais.

Aqui estão os 7 melhores aplicativos para gerenciar finanças pessoais de maneira fácil e fácil, a maioria dos quais possui gráficos e resumos financeiros fáceis de entender.

Wallet:

Este aplicativo permite que você acompanhe as despesas ou seu orçamento, para que você tenha informações contínuas sobre sua situação financeira para planejar a longo prazo. Também permite atualizações bancárias automáticas e compartilhamento de contas específicas com familiares.

Money:

Se o usuário usa vários dispositivos e está procurando um aplicativo onde possa registrar todas as economias e despesas, essa é uma das melhores opções.

Por oferecer sincronização na nuvem, os dados podem ser acessados ​​de qualquer lugar e por meio de qualquer dispositivo. O aplicativo em questão permite que você adicione transações de forma rápida e fácil, e gerará automaticamente relatórios que mostram para onde está indo o dinheiro gasto e como a conta poupança cresceu – ou não – ao longo das semanas.

Money Lover:

É uma das ferramentas financeiras mais completas, também com sincronização na nuvem, planejamento orçamentário, notificações push e gerenciamento de despesas por categorias.

Outra função interessante deste aplicativo é a possibilidade de manter um acompanhamento exaustivo de dívidas e empréstimos, a possibilidade de criar carteiras compartilhadas com amigos ou familiares.

Guiabolso:

O Guiabolso te ajuda a melhorar suas finanças pessoais em todos os momentos, de maneira gratuita. Com ele você pode conectar e acompanhar suas contas num só lugar, ter seus gastos categorizados e analisados automaticamente.

Tudo isso com segurança de nível bancário e dados criptografados para garantir a privacidade e a segurança dos seus dados.

Moneyhero:

Este aplicativo permite que você defina metas de economia, para que o próprio aplicativo informe a qualquer momento ao usuário quanto dinheiro ele pode gastar por dia para não ultrapassar o limite e, assim, poder cumprir suas metas.

O app também se destaca pela simplicidade, bastando indicar a renda mensal, bem como as despesas fixas e o objetivo de poupança. A partir desses dados, o aplicativo irá gerar a variável de despesa que o usuário não deve transferir.

Spendee:

As despesas são inseridas segmentadas por categorias, o app às soma e dá orientações sobre quanto dinheiro foi gasto e em que, com infográficos muito fáceis de entender.

Também permite personalizar, criar alertas e visualizar logs diariamente, mensalmente ou anualmente. O diferencial é a possibilidade de incorporar metas de economia, com um sistema de notificação que informa ao usuário o quão perto ou longe da meta está.

Pocket Money:

É um aplicativo que registra as despesas e também o aconselha para que você aproveite ao máximo o seu fluxo de caixa. Permite programar uma série de gastos fixos que se repetem todos os meses.

É importante ter em mente que embora as instituições financeiras façam grandes esforços de segurança para minimizar fraudes, também está nas mãos do usuário ter seus computadores protegidos e atualizados, respeitando algumas dicas de segurança.

Compartilhamos abaixo algumas dicas para cuidar dos dados:

  • Leia as políticas de privacidade e os termos de uso das plataformas em que você se cadastre.
  • Cuidado para não cair em golpes cibernéticos que buscam roubar dados pessoais: é importante não seguir links que contenham informações suspeitas, independentemente do meio pelo qual elas chegam.
  • Entenda que todas as informações pessoais são valiosas e pense duas vezes antes de compartilhá-las na Internet.
  • Use senhas fortes: tente não repeti-las entre plataformas diferentes e ative o fator de autenticação dupla sempre que possível.
  • Proteja os equipamentos dos quais processamos e enviamos informações com uma boa solução de segurança e atualizações frequentes do sistema operacional e aplicativos.

Gostou das dicas? Compartilhe essas dicas com os seus amigos, e acompanhe o nosso blog para mais dicas!

Posts relacionados