Home Dicas Vagas PJ valem a pena?

Vagas PJ valem a pena?

written by Andreia Ferreira 31 de outubro de 2019
Vagas PJ

No artigo de hoje vamos falar a respeito das vagas PJ. Algumas pessoas podem até “torcer o nariz” quando encontram este tipo de proposta, mas existem algumas vantagens.

Quer saber quais? Então leia o texto até o final e tire suas conclusões:

Vantagens

A principal vantagem de ser PJ é ter uma remuneração mais alta ao ser comparado com um profissional que trabalha no regime CLT, isto é, com carteira assinada. Isso porque, para o PJ, a empresa tem condições de oferecer uma remuneração mais agressiva, devido a economia que irá fazer em relação aos tributos.

Flexibilidade

A flexibilidade é outro benefício dos PJs. Além do salário mais atrativo, quem trabalha como PJ tem a vantagem de não ter de “bater ponto”. Mas atenção: quem presta serviço é importante ter em mente que tem de entregar o trabalho combinado com a empresa, não importa, exatamente, o horário que este trabalho será realizado.

Desvantagens

Diferente de um funcionário com carteira com carteira assinada, O PJ não possui vínculo empregatício com a empresa. É um prestador de serviços. Por isso, não tem direito a benefícios como 13º salário, férias e seguro-desemprego. Em muitos casos, no entanto, a empresa negocia com o PJ e concede alguns benefícios.

Riscos

Como não tem vínculo empregatício com as empresas que atende, o profissional PJ está mais vulnerável a riscos e incertezas, ou seja, pode ter variações no volume de trabalho e, consequentemente, no salário.

Como fica a aposentadoria?

Vale lembrar que o empregado de carteira assinada tem o INSS descontado todo mês diretamente de seu salário bruto. Já o PJ precisa responsabilizar-se por recolher todos os tributos incidentes sobre a atividade exercida.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue acompanhando nosso blog. Tem muitas novidades em breve pra você.

You may also like


Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function get_comentarios_number() in /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/comments.php:10 Stack trace: #0 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/comment-template.php(1532): require() #1 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/content-single.php(241): comments_template('/comments.php', true) #2 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/template.php(725): require('/var/www/html/d...') #3 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/template.php(672): load_template('/var/www/html/d...', false) #4 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/general-template.php(168): locate_template(Array, true, false) #5 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/single.php(41): get_template_part('content', 'single') #6 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/template-loader.php(106): include('/var/www/html/d...') #7 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-blog-heade in /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/comments.php on line 10