Home Dicas Pedir demissão é ruim para o currículo?

Pedir demissão é ruim para o currículo?

written by Andreia Ferreira 4 de setembro de 2019
Pedir demissão

Pedir demissão não é uma tarefa fácil. Muitos profissionais ficam na dúvida e não sabem o que falar na hora de informar sua saída.
Por mais experiente que um profissional seja, o momento de pedir demissão é normalmente bastante tenso e, se não for desenrolado com cuidado, pode causar desconfortos, mal entendidos e até prejudicar a imagem de uma pessoa.
Apesar de ser algo totalmente natural para as empresas e para a carreira da maioria dos profissionais, é preciso ter cautela antes, durante e após o pedido de demissão.

Pense bem

Quando se trata de sair de um emprego, é importante ter os motivos dessa decisão muito claros e garantir que eles são mesmo suficientes para sustentar essa escolha.

Recebeu outra proposta de emprego

Se você recebeu uma proposta de emprego mais interessante do que a atual, é válido pensar e pedir demissão.
Antes, caso você goste da sua atual empresa, é importante comunicar a proposta a seus superiores. Uma dica importante para quem está pensando em pedir demissão e não criar desconfortos desnecessários é falar com seu gestor direto, antes de espalhar para os colegas a notícia de que você vai pedir para sair.

Não saia falando mal

Se você estava insatisfeito com sua atual organização, ao pedir demissão, não saia falando mal dela com seus colegas, familiares ou com pessoas de outras empresas. Isso pode te trazer problemas, como, por exemplo, prejudicar sua imagem profissional diante de outras companhias e profissionais do mercado.

Mantenha um bom relacionamento para não “queimar” o currículo

E, por fim, o que todos querem saber: pedir demissão é ruim para o currículo?
É imprescindível que, durante o tempo que esteja na empesa, você mantenha um bom relacionamento com todas as pessoas e com a empresa em questão.
Isso, te ajuda a sair com as portas abertas.

Tenho certeza que, depois de ler este artigo, você vai ver que pedir demissão não é nenhum bicho de sete cabeças.

You may also like


Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function get_comentarios_number() in /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/comments.php:10 Stack trace: #0 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/comment-template.php(1532): require() #1 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/content-single.php(241): comments_template('/comments.php', true) #2 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/template.php(725): require('/var/www/html/d...') #3 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/template.php(672): load_template('/var/www/html/d...', false) #4 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/general-template.php(168): locate_template(Array, true, false) #5 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/single.php(41): get_template_part('content', 'single') #6 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/template-loader.php(106): include('/var/www/html/d...') #7 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-blog-heade in /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/comments.php on line 10