Home Dicas Mudar de emprego com frequência é bem visto?

Mudar de emprego com frequência é bem visto?

written by Andreia Ferreira 24 de setembro de 2019
Mudar de emprego

Mudar de emprego, hoje em dia, “virou moda”. Muitas vezes, o profissional passa alguns meses em uma empresa, desenvolve um projeto e já se prepara para dizer adeus, seja para procurar uma nova recolocação ou por ter recebido
uma proposta irrecusável.

Mas, afinal, estas constantes mudanças ajudam ou atrapalham no futuro?

Apesar de ser algo totalmente natural para as empresas e para a carreira da maioria dos profissionais, é preciso ter cautela antes, durante e após o pedido de demissão.

Recebeu outra proposta de emprego

Se você recebeu uma proposta de emprego mais interessante do que a atual, é válido pensar e pedir demissão.

Antes, caso você goste da sua atual empresa, é importante comunicar a proposta a seus superiores. Uma dica importante para quem está pensando em pedir demissão e não criar desconfortos desnecessários é falar com seu gestor direto, antes de espalhar para os colegas a notícia de que você vai pedir para sair.

Má impressão

Antigamente, os empresários só valorizavam os funcionários que permanecessem, 10, 15 anos na mesma empresa, pois mostrava fidelidade.

Hoje, parece que as empresas não estão mais tão preocupadas com o tempo que um funcionário permaneceu nos empregos anteriores.

Atenção

Mas é válido lembrar que não são todas as empresas que pensam desta forma.

Ainda há companhias que acham que saltar de emprego em emprego pode trazer consequências negativas, além de contribuir para diminuir o poder de negociação salarial no futuro.

Pense bem

Quando se trata de sair de um emprego, é importante ter os motivos dessa decisão muito claros e garantir que eles são mesmo suficientes para sustentar essa escolha.

You may also like


Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function get_comentarios_number() in /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/comments.php:10 Stack trace: #0 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/comment-template.php(1532): require() #1 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/content-single.php(241): comments_template('/comments.php', true) #2 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/template.php(725): require('/var/www/html/d...') #3 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/template.php(672): load_template('/var/www/html/d...', false) #4 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/general-template.php(168): locate_template(Array, true, false) #5 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/single.php(41): get_template_part('content', 'single') #6 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/template-loader.php(106): include('/var/www/html/d...') #7 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-blog-heade in /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/comments.php on line 10