Home Dicas Como lidar com chefes tóxicos?

Como lidar com chefes tóxicos?

written by Andreia Ferreira 4 de dezembro de 2019

Infelizmente, o chefe tóxico continua sendo uma figura muito comum no cenário atual. Mas você sabe o que é um chefe tóxico?
São aqueles que ficam de olho em tudo o que você faz, que horas chega, o que está fazendo a cada momento, como vai embora e até com quem conversa ou deixa de conversar.

Podemos dizer que um chefe tóxico contamina todo o ambiente com seu comportamento. Ele é aquele que nega, com atitudes, os valores da empresa em que trabalha. Ele não conhece o limite que separa a pressão por resultados da falta de respeito pela equipe. Ele desrespeita as pessoas no tom de voz, no discurso, no excesso de centralização e na incapacidade de fazer com que elas cresçam.

Como lidar?
Nem sempre vai ser possível escapar do seu controle, afinal, ele é o seu chefe e você deve algumas satisfações para ele. No entanto, para evitar certos conflitos, fique atento a questões cruciais da empresa para não se dar mal, como horário de trabalho e outras regras.
Só quem tem um chefe tóxico conhece os estragos que essa relação pode trazer para a saúde, para a carreira e até para a empresa que aceita esse tipo de comportamento.

Falar ou não?
Quando falamos de chefes tóxicos, estamos nos referindo a essas pessoas que sentem ter direito sobre nossas vidas. Pessoas que se consideram acima do bem e do mal e usam todos os tipos de recursos, às vezes ilícitos, para manter o controle sobre o empregado.

Porém, se perceber que ele está sendo invasivo demais, não tem problema nenhum se posicionar. Mas, claro, tudo isso deve ser feito com muito respeito. Fale que você não está se sentindo bem e evite compartilhar detalhes da sua vida pessoal, pois um pouco de distância torna a relação mais saudável.

Você já teve um chefe tóxico? Conte sua experiência para nós

You may also like


Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function get_comentarios_number() in /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/comments.php:10 Stack trace: #0 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/comment-template.php(1532): require() #1 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/content-single.php(241): comments_template('/comments.php', true) #2 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/template.php(725): require('/var/www/html/d...') #3 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/template.php(672): load_template('/var/www/html/d...', false) #4 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/general-template.php(168): locate_template(Array, true, false) #5 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/single.php(41): get_template_part('content', 'single') #6 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/template-loader.php(106): include('/var/www/html/d...') #7 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-blog-heade in /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/comments.php on line 10