Home Dicas Assédio sexual no trabalho: qual o papel do RH?

Assédio sexual no trabalho: qual o papel do RH?

written by Andreia Ferreira 22 de abril de 2019
Assédio sexual no trabalho

Você sabia que os casos de assédio dentro das empresas são uma das causas que mais provocam o afastamento e desmotivação dos funcionários? É isso mesmo. Casos assim ainda existem dentro das organizações, mas, graças ao aumento da conscientização sobre o problema, as denúncias têm ocorrido com mais frequência.

O que muitos não sabem é como proceder em casos como este. Veja só:

Assédio sexual x assédio moral

Antes de mais nada, é importante que todos entendam o que realmente se caracteriza como assédio. Vamos lá:
O assédio moral, modo geral, é definido como ofensas, humilhações, xingamentos, agressões verbais, apelidos, brincadeiras de mau gosto, perseguição, punições injustas, ou até mesmo a imposição de metas impossíveis de atingir apenas para prejudicar ou forçar o empregado a pedir demissão.

Mas vale lembrar que só é considerado assédio se esses atos forem repetitivos.

Já o assédio sexual, que é o tema deste artigo, é definido por contatos verbais ou físicos com conotações sexuais, convites constantes para sair, brincadeiras de caráter obsceno, ameaças para obter favores sexuais, forçar situações constrangedoras, molestar, violar, entre outros.

No caso de assédios sexuais físicos, não é necessário que ocorra mais de uma vez para ser considerado.

Papel do RH

Em qualquer empresa, independente do segmento, é importantíssimo que o RH esteja sempre de portas abertas para ouvir qualquer tipo de reclamação ou denúncia, sempre garantindo o sigilo dos fatos.

Muitas vezes, o funcionário, por medo de perder o emprego, não se sente seguro de comunicar o RH sobre o que está acontecendo e acaba deixando passar.

Como agir?

Após comunicar o RH dos fatos, o funcionário assediado deverá reunir provas contra o agressor. Na ocasião, e-mails, testemunhas, mensagens, memorandos e gravações, tudo vale como prova.

Logo após ser averiguada a veracidade destes materiais, o RH fará a comunicação entre a vítima e a direção, e orientará sobre as providências necessárias.

Não tenha medo de denunciar. Para mais informações contate-nos

You may also like


Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function get_comentarios_number() in /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/comments.php:10 Stack trace: #0 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/comment-template.php(1532): require() #1 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/content-single.php(241): comments_template('/comments.php', true) #2 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/template.php(725): require('/var/www/html/d...') #3 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/template.php(672): load_template('/var/www/html/d...', false) #4 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/general-template.php(168): locate_template(Array, true, false) #5 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/single.php(41): get_template_part('content', 'single') #6 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-includes/template-loader.php(106): include('/var/www/html/d...') #7 /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-blog-heade in /var/www/html/desafiorh.com.br/web/blog/wp-content/themes/soledad/comments.php on line 10